Segunda-feira, 16 de Abril de 2007
19ªJORNADA
        MONTESINHOS-0   NESPEREIRA-1

Numa óptima tarde para a prática desportiva e a provar isso basta relembrar
a assistência que assistiu a este jogo quente entre duas equipas que estão com a
moral em alta pois o Montesinhos vinha de uma série de 13 pontos possiveis
em 15 e o adversário não deixa escapar pontos desde a 10ª jornada.
E de facto para quem assistiu há partida não deu o tempo por mal empregue
pois o jogo começou numa toada forte onde o Montesinhos praticamente
encostou o lider na sua defensiva.
Criando várias situações de golo nomeadamente em lances de bola parada,
Stephane por duas vezes a cabecear a ligeiros centimetros da barra e
Vitinha depois de um cruzamento largo da esquerda a rematar de
primeira mas o guardião adversário a efectuar uma das suas grandes defesas
da tarde. Aos 30 minutos um balde de agua fria para o CCRM pois num lance que
deveria criar perigo na area adversária deu o golo aos forasteiros(belo golo
diga-se de passagem), André bate um livre há saida da sua área e a bola
caprichosamente vai ter com um adversário no meio campo que de primeira remata
e apanha Serginho completamente desprevenido, estava feita a injustiça mas é
como o velho ditado diz, "quem não marca sofre".
Até ao final da 1ª parte o CCRM foi atrás do prejuizo mas a defensiva contrária
mostrava-se atenta.
Nos segundos 45 minutos continuou-se a jogar bom futebol mas a toada baixou
e passou a ser um jogo mais fisico que técnico, prova disso as faltas efectuadas
pelos jogadores do Nespereira em especial do seu autor do golo pois só à quinta
falta vé o cartão amarelo!? e todas elas eram graves e assim continuou até ao final
do jogo com o juiz da partida a dizer sempre que para a próxima iria tomar banho
mais cedo, enfim dualidades de critérios ou não fosse a liderança que estivesse em jogo.
Mas voltando ao futebol o CCRM esteve novamente para marcar por intermédio
de Simão aos 85minutos mas mais uma vez o guardião adversário( o melhor em
campo) efectuou uma enorme defesa quando todos os adeptos já festejavam o golo.
Até ao final nada mais a assinalar a não ser estes 4 pontos;
1º- agressão sem bola aos 80minutos a joel,adversário ficou impune(contra
nós todos veêm).
2º- o banco da liderança, é só falar que o Sr. juiz obdece.(nós CCRM também
temos objectivos e gostamos que também nos respeitem).
3º- 4 minutos para descontos, pergunta de um jogador do CCRM ao Sr. juiz,-
Sr. juiz só 4 minutos?
Resposta: "não marcaram um golo até agora, vão querer marcar se eu desse mais
tempo"?
4º-Levantar a bola propositadamente do pé para a cabeça para passar ao g.redes
e este agarra-a com as mãos não é falta??? Esqueci-me disse o Sr.juíz ao intervalo.
E se fosse ao contrário? A pressão era outra como nos lançamentos laterais...
No minimo surrealista esta tese de quem deveria estar a estudar sociologia e
não a dirigir jogos de futebol.Como referido no ponto 1 só o tempo que o jogo
esteve parado aquando da agressão ao nosso atleta foi cerca de 5 minutos
mais as substituições no minimo 8 minutos teria que dar.
Para finalizar gostariamos de dizer que perdemos mas de cabeça levantada, ao
contrário de quem vence e anda de cabeça bem em baixo e só a levanta quando
as coisas correm mal.
Para os adeptos do MONTESINHOS uma só palavra, continuem com o apoio até ao
final do campeonato.
 
 
O Montesinhos alinhou com:
Serginho; André; Manuel; Stephane; Cesário(Helder); Marco; Miguel F.(Simão);
Rafael; Vitinha(Bolacha); Joel(Hugo) e Rui Soares.
 
Gil Soares:
Em primeiro lugar quero dar os parabéns aos meus atletas pela sua entrega e atitude em campo que foi excelente. Quanto ao jogo, mais uma vez fomos superiores ao adversário,
mas isso não chega pois para ganhar jogos temos que concretizar as oportunidades em golo e hoje não o fizemos também por mérito do g.redes adversário que foi o melhor em campo.  
 


ccrmontesinhos às 19:58
| comentar
|

arquivos